Justiça Institui Intervenção Em Canil De Gravataí (RS) Acusado De Maus Tratos

18 Feb 2018 11:16
Tags

Back to list of posts

is?EJ1A3X9s3qUzQeI_-fnsUrevYOkqZv5aglK2gzDAOOM&height=234 A Justiça do Rio Vasto do Sul acolheu o pedido do Ministério Público e mandou intervenção no canil municipal de Gravataí (23 km de Porto Contente), pela localidade metropolitana. O recinto tem sido denunciado pelos moradores há anos por falta de suporte e cuidados com os mais de 350 cães recolhidos pela prefeitura da cidade.Na última quarta-feira (sete), denúncias de moradores evidenciaram um aparente desprezo com os animais. Sujeira, falta de funcionários e escassez de comida foram documentados por vídeos e fotografias. Entretanto, o que mais chamou a atenção foi um provável caso de canibalismo entre os cães. Entretanto, a prefeitura negou que isto tenha se dado e classificou o episódio como "uma simples briga de cachorro". Nesta quinta-feira, o titular da Promotoria Especializada de Gravataí, Daniel Martini -que encaminhou o pedido de intervenção- explicou que a prefeitura deve disponibilizar equipe técnica, alimentos e remédios suficientes pros animais. De agora em diante, um interventor judicial será nomeado pela Justiça para visualizar diariamente as atividades do canil.Sete de julho de 2017 at 20:18Orquestra Experimental de RepertórioFezes aquosasAusência de apetiteEm caso de descumprimento destas medidas, o município é notificado. O juiz, deste modo, instaura a promoção das medidas e, se crucial, manda buscar recursos no próprio caixa municipal para fazer cumprir a decisão", salienta Martini. De acordo com o promotor, desde 2003 há uma investigação em andamento a respeito da atuação da prefeitura e as condições do canil. O canil municipal de Gravataí foi idealizado há mais de dez anos para receber até uma centena de cães recolhidos das ruas, a suporte abriga hoje quase quatro vezes essa técnica.No local trabalham um veterinário, um estagiário de veterinária, um motorista e 4 apenados do regime semiaberto, em troca da diminuição de pena. São 150 sacos por mês para alimentar os em torno de 350 cães. O secretário de Intercomunicação de Gravataí, Rodrigo Becker -que tem se pronunciado em nome da prefeitura sobre o caso- admite falta de pessoal na assistência aos animais e más condições de estadia. Não é o atendimento mais adequado.O ideal é que fosse muito melhor. Porém não temos condições de fazer um hotel para os cachorros", argumentou. Ainda segundo o secretário Becker, a prefeitura estuda acrescentar o número de acomodações dentro do canil pra melhor abrigar os cães. E admitiu: "É um defeito crônico de administração, e que não é acessível de resolver".Você e Niko não estarão sozinhos durante a aventura. Personagens como um profeta robô e uma desconsolada engenheira chefe, igualmente mecânica, ajudarão em uns períodos ou darão dicas úteis para seguir adiante. O encontro com tais coadjuvantes, porém, é ao mesmo tempo perfeito e melancólico por virem carregados de revelações e melancolia entregues de forma simultânea.Em um universo de robôs, diversas vezes percebemos que os protagonistas não possuem personalidade própria, tendo sido programados para, tais como, apresentarem tal emoção ao encontrarem alguém ou gostarem de um estabelecido tipo de passatempo. Como não sabemos nada nesse mundo, não dá para não sonhar que nós, bem como, estamos sujeitos a esse tipo de controle, principalmente no momento em que estamos, realmente, no comando de um protagonista que assim como discussão com a gente de forma pré-formada. Surgem aqui, também, outras questões relacionadas à robótica, consciência e existência.Estamos em um mundo devastado, sim, no entanto ele é habitado por criaturas de metal, em suposição inanimadas, porém que comemoram efusivamente desta maneira que a energia é ligada e elas podem se misturar mais uma vez. Sua localização em conexão ao feitio desses seres não influencia nos rumos da trama, todavia pode te deixar em uma localização desconfortável diante das responsabilidades adquiridas. De novo, estamos descrevendo da metalinguagem em ação, transformando o que poderia ser um título descomplicado de coleta de itens e resolução de enigmas em algo muito maior. Além das surpresas com o envolvimento de aspectos extra-game no decorrer da aventura, caso o usuário se envolva, irá ver a si mesmo pensando sobre o assunto dúvidas filosóficas e existenciais mesmo após OneShot ser finalizado.A aparente simplicidade de seus enigmas se reflete em aproximadamente todos os aspectos do título. Como dito, só quatro botões do teclado, além das setas que permitem a movimentação, são utilizados pra promoção de todas as tarefas. O jogador tem uma tecla pra fazer ações, outra pra cancelá-las, uma terceira pra acesso ao menu e a quarta para abrir o inventário e fazer combinações de itens. Entra no caminho dessa objetividade toda, contudo, enigmas que nem sempre se apresentam de maneira clara.OneShot é profundo e o jogador precisa ler todos os arquivos de texto, checar todos os instrumentos do assunto e falar com o mundo inteiro, mas, ainda então, não é sempre que fica claro o que deve ser feito a acompanhar. Em umas etapas, a união entre itens pra obtenção de um acordado efeito é óbvia, no entanto, em outros, podes derivar de um recurso de tentativa e problema, e também longo tempo rodando pelo universo. Além disso, existem momentos em que a dinâmica do respectivo game podes confundir.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License