O Crescente Mercado Da Cannabis Medicinal Pra Cachorros Nos Estados unidos

10 Feb 2018 17:50
Tags

Back to list of posts

is?dBSql7tB_D2nF1rxTMfN_7ba9AdGeVlKvR_DI2LbOI8&height=170 Alison Ettel nunca fumou maconha por diversão, no entanto ela quer dar cannabis para o seu cachorro. Alison é a diretora da empresa TreatWell Health, uma organização da Califórnia, EUA, que está produzindo remédios a base de maconha para seres humanos - e seus cachorros. Seus concorrentes adicionam Treatibles, que vende óleo de maconha para animais de todos os tipos, e Pet Releaf, cujos produtos a base de maconha parecem chiques petiscos veganos. Poderá parecer loucura, todavia à capacidade que mais Estados americanos legalizam o emprego recreativo de cannabis, sua aplicação em bichos de estimação é um nicho de mercado que está bombando.Grupos veterinários estão cautelosos, pela melhor das hipóteses. Porém um número crescente de donos de cachorros dizem que a droga reduz a angústia dos bichos e alivia casos de angústia crônica. Em primeiro ambiente, a resposta à indecisão principal: não, os bichos não estão fumando. Nem ao menos comendo maconha bruta. As maneiras humanas de usar cannabis podem ser tóxicas para cachorros. Deste modo, as empresas estão produzindo petiscos, óleos e cremes tópicos a apoio de extrato de cannabis. Alguns usam maconha, contudo a matéria-prima mais frequente é o cânhamo.Melinda Hayes, que tem um serviço de entrega de cannabis em Los Angeles, apresenta o extrato de cannabis da TreatWell's pra Diva, sua cachorra adotada, que prontamente tem doze anos e têm artrite. Os únicos efeitos nocivos populares são sonolência e acrescentamento da sede. Melinda está distanciado de ser a única adepta. A cachorrinha Cinnamon, do Estado do Missouri, toma óleo de cânhamo da PetReleaf todos os dias para seus problemas de quadris. Nos dias seguintes, diz Joyce, "ela veio para perto de mim expressar oi e lamber minha perna. Eu quase chorei. Fazia muito tempo que ela não fazia isso". Donos de bichos de estimação idosos conseguem ter que superar com a aflição de vê-los definhar, no tempo em que as contas com o veterinário se acumulam. Dois Território e habitat 03 "Chile" 11 de junho de 2014 62 São Gonçalo Jackson alegou 3 Resgate da raçaAinda desse modo, você podes raciocinar, por que dar cannabis para o teu bichinho, quando você também poderia utilizar um medicamento convencional? Os fabricantes reconhecem que, para algumas pessoas, a cannabis é um último processo. Seu cachorro poderá estar quase morrendo, sofrendo de terríveis dores nas articulações. Por outro lado, diz ela, não há nenhum Shih-tzu chapado cambaleando por aí. O cânhamo não vai deixar o teu cachorro chapado visto que tem um nível de THC muito baixo. Etter, que fabrica produtos de maconha ao invés de cânhamo, bem como garante que não há riscos, visto que as doses são muito baixas e controladas. Sarah Brandon, veterinária que faz produtos de cânhamo para a marca Canna Companion.Parece óbvio. Assim sendo, a cannabis para cachorros é bacana? Em resumo, isso depende de onde você está e o que você quer. A legislação sobre isso cannabis dos EUA é complicada, porque sempre que 29 Estados e o Distrito de Columbia legalizaram o emprego de maconha medicinal e nove deles o emprego recreativo, a prática ainda é ilegal a grau federal.Isso significa que é ilegal os veterinários americanos prescreverem produtos a base de cannabis para cachorros. Ettel pode vender só na Califórnia, onde está baseada. Lá, os donos de animais necessitam de uma autorização de maconha medicinal pra adquirir seus produtos. É uma zona cinzenta. Os fabricantes insistem que é sim bacana, devido às prerrogativas abertas pelo "Farm Bill" de 2014 (lei de agricultura americana da data de Obama).Questionada sobre o assunto sua visão sobre a cannabis canina, a Liga Americana de Medicina Veterinária afirmou que "não diria aos donos de cachorros que isso é seguro pra cachorros nesse momento". A Sociedade Americana para a Precaução de Violência contra Animais concordou. Tina Wismer, diretora médica do Centro de Controle de Envenenamento Animal. O mercado de suplementos para animais dos Estados unidos vale mais de meio bilhão de dólares, e espera-se que cresça consideravelmente nos próximos 5 anos.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License